Natal já tem uma Pedalada regular regada a adrenalina, beleza e ação social...

       Ontem, dia 20 de janeiro de 2011, por volta das 20 horas, eu (Milttão), o empresário Carlinhos da Mundial Ciclo e mais 25 ciclistas, a maioria, de lazer, encaramos 25 km a pedal num inusitado e adrenalínico passeio noturno experimental, por um local nada comum e aconselhado, a BR 226, trecho Natal - Macaíba.       
          Embora conscientes de que o trecho a pedalar demandava certo perigo, pois era comum a presença de um bom número de carros, alguns defeitos na estrada, especialmente, na pista de retorno a Natal, precisamente, no bairro  Felipe Camarão. Outro complicador era a passagem obrigatória próximo a várias comunidades pobres e com altos índices de violência social. Mesmo assim todos os loucos ou, digo, bikers aceitaram o convite de Carlinhos para testarmos esse novo roteiro de pedalada, em noite de lua cheia escondida.
      Ele sabia que poderia contar comigo, pois é de conhecimento público que estou querendo transformar o em torno do Estuário Potengi num Circuito para prática e treinamento de ciclísmo turistico e de aventura, entre outros ecoesportes e atividades ecológicas. A minha paixão pela área chega ao ponto de propor para mim um Desafio de percorrer 2011 km a penal, a pé e a remo no contexto e em torno do Estuário Potengi. Claro que nesse mundo existem outros loucos por aventura e fazer o bem e devem me acompanhar, se não em torno, ao menos nalguns trechos ou atividades. Por isso, aceitei na hora quando consvidado pelo Carlinhos. Conhecer a beleza da região a noite era muito animador.  
           Para dar maior segurança e apoio logístico ao passeio, minha esposa (Lucia) guiou meu carro (com um transportador de bicicleta) fechando a fileira de ciclistas, visando proteger a unifileira e amparar e transportar ciclistas após possíveis quebras de equipamento, acidentes (quedas) ou amplo cansaço.
        Ao final do passeio, o saldo foi o pleno sucesso.  Não houveram acidentes, incidentes e nem mesmo cançaso iacentuado. Por isso, todos declararam-se maravilhados com a experiência e manifestaram o pleno desejo de participarem do próximo Pedal da Lua Cheia.  
           Pense como foi gostoso... ter a boa sensação de desbravar uma nova rota  ciclistica noturna ou uma nova perpectiva de passeio, ver cenários lindos e a alegria manifestada de crianças e adultos retribuindo calorosas saudações, distribuir sonorização musical ritmica e de gosto popular, exibir imagens alegres e curioosas de um grupo de animados  ciclistas serpenteando pela margem da estrada  com seus coletes  fosforecentes, que mais parecem lagartas de fogo gigantes, ao refletem as luzes dos carros na escuridão. Todo isso passou pela minha cabeça e corpo  e, certamente, também na da maioria das pessoas.

O diferencial do Carlinhos da Mundial Ciclo.

      O empresário Carlinhos, da bicicletaria Mundial Ciclo, que fica localizada na avenida e bairro Bom Pastor, zona oeste de Natal (RN), é um cara cada vez mais raro. Ele gosta tanto de bicicleta que sua relação com o veículo supera muito o interesse comercial, ele incorpora também o familiar, o lazer  e, de forma significativa, o social. 
      Seu diferencial, entre seus pares comerciantes, pode ser facilmente vislumbrado a partir de um passeio ciclistico noturno que ele organiza e desenvolve regularmente, com o apoio de alguns de seus clientes e amigos, as quartas feiras, a partir das 20h, num roteiro e modelo bem particular. Ele e aproximadamente 80 ciclistas, das mais diferentes idades, saem de frente a sua loja (no Bom Pastor) e seguem até a praia dos artistas, procurando andar sempre que possível por ruas mais planas e de menor fluxo de carro, e  depois de um breve descanso no calçadão da praia, retornam para local de origem. 
    Mas qual seu diferencial: Ele conecta zona Oeste a Zona Leste, através de um passeio ciclistico regular, coisa incomum, e ainda empresta gratuitamente coletes com faixas refletoras e bicicletas para os jovens e adultos de baixa renda desprovido desse versátil equipamento. 
      Ele pega peças de bicicleta ainda em condições de uso utilitário, que fora descartadas por clientes de maior poder aquisitivo ou que gosta de andar com peças em ótimo estado e monta as "bicicletas sociais" com quadros que recebe de doação. O que seria lixo para alguns, vira luxo para outros.
      Um passeio que iniciou para acolher e oportunizar lazer para a sua familia, acabou virando mais um trabalho social e fonte de dispêndio de preocupação, quando permite que pessoas de toda a sorte possam  compartilhar do momento de lazer , que não é mais seu e de sua familia. Ele e outros amigos ciclistas tornaram-se guias e seguranças voluntários do passeio.  
          Sua vontade de favorecer um lazer pela bicicleta também para pessoas de baixa ou nenhuma renda não obstrui a visão de pessoa inteligente sobre segurança no lazer. Afinal, nos passeios que ele organiza, os nomes Carlinhos e Mundial Ciclo são sinônimos e, por isso, sujeitos a desgastes em caso de insucessos ou acidentes evitáveis durante seus eventos.
       Atualmente comecei a acompanhar o pedal das quartas e, diante da necessidade de oportunizar maior segurança e fluidez no passeio, tenho sugerido o incremento de alguns equipamentos e técnicas de condução. O Carlinhos está plenamente aberto a sugestões, pois percebe que  a segurança está fragilizada e necessitária de atenção e cuidados.
          

Comentários

  1. Achei massa demais tudo!!! O Blog, com o seu novo propósito; o passeio noturno (quem me dera) e a história do Carlinhos. Natal realmente está precisando de pessoas assim como você, ele e estas outras que estão lutando pelo direito de praticar um esporte e também de garantir a segurança e acesso de pessoas que utilizam diariamente bicicletas para trabalhar e outras necessidades. Acompanho e torço pelo sucesso de vocês. bjs.

    ResponderExcluir
  2. Valeu Miltão: Quero integrar o próximo passeio da Lua Cheia ou Seca e contribuir com vocês para o ciclomovimento em nossa cidade e na Grande Natal. Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. bom dia! participei pela primeira vez da pedalada da quarta feira di 18 de julho de 2012, foi muito bom. gostei do blog e dos trabalhos sociais.gostaria de participar de mais eventos que possam vir. valeu um grande abraço
    assinado: bigode do asfalto (JOSE WERTA)
    sim! o meu email: wertaoliveira@bol.com.br

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Se desejar, deixe aqui seu comentário. Ele será muito importante.

Postagens mais visitadas deste blog

Mais um crime ambiental e urbanístico. Ergue-se o 33º barraco irregular na ZPA7 de Natal

Próximo sábado, 04/03, ainda terá carnaval em Natal e dentro do mar

O Bloco HIDRONAPRAIA fará 2ª #HidroFoliaNaPraia por causa nobre.