De Jornada a Desafio... de 1000km em 1 ano a 2011km em 4 meses...

             Todo esportista típico não gosta de atividade física fácil ou leve. Ele gosta do desafio e da oportunidade de aferir e mostrar qualidades que as pessoas comuns não evidenciam. Gosta de explorar e estender seus limites físicos, psíquicos e técnicos. 
             Eu sinto que ainda tenho essa alma esportista, mesmo beirando os quarenta e cinco anos e já bem sequelado (com artrose) devido as loucuras que realizei na minha adolescência e até os 20 e poucos anos ao realizar regularmente super e inadequados treinamentos físicos. Sinto-me alma juvenil que pede pra continuar sendo jovem sempre, não importando a idade cronológica e as condições de saúde que tenha. Obviamente, com o bom conhecimento de educador físico que tenho atualmente, especialmente, no campo da atividade física e saúde, redescobrirei e afastarei com maior segurança os meus limites físicos e psiquicos a cada dia, além de uma oportunidade de conhecer mais e fazer o bem para si e para os outros.
           Pensando assim, resolvi mudar o projeto que já estava divulgando, a Jornada dos 1000km em 1 ano, para o Desafio EcoEsportivo dos 2011km a pedal, a pés e a remo, em 4 meses. Com este Além , em Defesa do Estuário Potengi e do EcoEsporte da região. Assim, espero utilizar o programa para melhorar as minhas condições físicas, técnicas e psiquicas, além de orientar e estimular do ciclismo, caminhada e canoagem, enquanto ecofitness e atividades ecoturisticas no contexto e entorno do Estuário Potengi, visandoa sua valorização e conservação.
   

Comentários

  1. Apoiado, parabéns Miltão!!!! vamo marcar um passeio de bike no entorno do potengi completo, que vai desde Cerro Corá, passando por São Tomé até Natal. rsrsrsr

    Ei topo de canoa também@!@@ tenho a canoa de Neide tamo junto e misturado.

    salve o potengi, salve o planeta!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Se desejar, deixe aqui seu comentário. Ele será muito importante.

Postagens mais visitadas deste blog

Mais um crime ambiental e urbanístico. Ergue-se o 33º barraco irregular na ZPA7 de Natal

Ambientalistas lançam a #SuperSemanaDoManguezal2017

Próximo sábado, 04/03, ainda terá carnaval em Natal e dentro do mar