Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2013

Relatoria DHESCA Brasil visitará campo destruído

Imagem
A Missão de Relatoria da Plataforma Brasileira de Direitos Humanos - DHESCA Brasil, que já visitaria a área prevista para o EcoParque Bom Pastor, uma compensação a obra do Túnel de MacroDrenagem, terá mais combustível para seu relatório, ao encontrar uma situação emergencial de sonegação  dos direitos humanos e ambiental, promovida, em última instância, pela Prefeitura de Natal. Terça, às 9h, está marcada a visita.


Mobilização na BR-226 será concentrada na terça

Imagem
Diante de uma tentativa de diálogo da Prefeitura de Natal com o Movimento que visa salvar um campo de futebol e uma nascente d'água e buscar compensações pelas obras da Copa 2014, foi decidido em assembleia que as ações mais enérgicas acontecerão na terça feira, a partir das 9h, caso um diálogo construtivo não ocorra. Aproveitou-se a reunião no local com representantes de Entidades e Movimentos presentes: Conselho Comunitário do Bom Pastor, APAC, COMITê POPULAR da COPA, Movimento Mangue Vivo, Comunidade Maruim, Mov. EcoParque Bom Pastor, Fórum do Bom Pastor, para atualizar com as últimas informações e a visitação do patrimônio que se quer proteger e qualificar.
Imagens de divulgação. Crédito: Movimento Mangue Vivo



Na ocasião houve entrevista in loco ao Jornal de Hoje, que prontamente atendeu a solicitação do movimento. Os demais canais também são convidados a cobrir essa ação pelo direito coletivo.

Prefeitura de Natal manda destruir campo de futebol

Imagem
A Prefeitura de Natal descumpriu acordo firmado com representantes da APAC, COMITÈ POPULAR, Conselho Comunitário do Bom Pastor, da Escola Mun. Francisca Ferreira, entre outros, numa audiência pública realizado no CTGÀS, em 5 de março de 2013, que tratava do EIA/RIMA do Projeto do Túnel de Macro Drenagem de Natal. 


Breve histórico: Na audiência, o projetista do Túnel de MacroDrenagem, ao ser questionado, após apresentar o projeto, desconhecia a existência de uma nascente d'água na lateral do local onde pretendia construir a lagoa de contenção no final do Túnel. Desconhecia também que o local era o único campo de futebol da região e que recebia ampla demanda de uso. Representantes da citada escola e da comunidade sugeriram a área atrás do desativado Curtume J Motta, pois além de já antropizada, possibilitaria uma descarga mais perto do leito do rio, evitando área florestal. Ficou de analisar a proposta. Em audiência seguinte, declarou que haviam acatado a proposta da nova área.

Para s…